Robson

Guga Lins discute apoio do Estado ao Carnaval de Sertânia

carnavalO prefeito Guga Lins e o secretário municipal de Juventude, Cultura, Esporte e Turismo, João Lúcio, estiveram, nesta quinta-feira (29), com o secretário estadual de Cultura, Marcelino Granja, para discutir o apoio do Governo do Estado ao Carnaval de Sertânia. Durante a conversa, o prefeito entregou ao secretário um registro em fotos do Carnaval realizado no município, mostrando a tradição e a importância da Festa de Momo para a cidade. Marcelino Granja afirmou que a grade de programação ainda está sendo fechada e garantiu que até a próxima quarta-feira (04) dará uma posição oficial sobre o apoio do Estado ao Carnaval de Sertânia.

“Já garantimos o apoio aos blocos carnavalescos que promovem nosso Carnaval de Rua, a manifestação Momesca mais tradicional de nossa cidade. Só poderemos tomar uma decisão sobre o Baile Municipal e a festa de palco, na Praça de Eventos, após saber o resultado da nossa conversa com o Secretário Estadual de Cultura, Marcelino Granja”, disse o prefeito Guga Lins.

Da ASCOM

Ex-vereador, Zuza do Padre, nega candidatura a prefeito de Sertânia

zuza do padreO ex-vereador Zuza do padre negou, durante entrevista ao Blog Tribuna do Moxotó, que será candidato a prefeito nas eleiçoes de 2016. Segundo o ex-vereador, ele nunca pensou nesta opção e sequer falou que tinha esta pretensão.

Mesmo negando o ex-vereador deixou seu recado “Eu estou pronto para lutar pelo engrandecimento da cidade e a felicidade de seus filhos. Disse”, frase esta que soou mais como um recado ao grupo da oposição, para que o lance como um possível candidato a prefeito em 2016, o que dependerá muito do aval do Dep. Estadual Angelo Ferreira, líder oposicionista no município.

Ainda falando da oposição, segundo informações que recebemos, grande parte da mesma afirma e defende que o candidato nas próximas eleições terá que ser o próprio Dep. Estadual Angelo Ferreira. Resta saber se ele vai resolver sair ou não candidato… Fato mesmo, é que até lá será feitos estudos internos e pesquisas para saber quem é o melhor nome para concorrer contra o prefeito Guga Lins, o qual não vem fazendo uma boa gestão a frente do governo municipal e precisa melhorar muito para se pensar em uma reeleição.

Sertânia terá Comitê Gestor do Programa Água para Todos

aguaA Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) vai realizar, nesta quinta-feira (29), às 9h, na Câmara de Vereadores de Sertânia, uma reunião para a formação do Comitê Gestor Municipal do Programa Água para Todos, desenvolvido pelo Governo Federal.

Entre as atribuições do Comitê, que será formado por representantes da sociedade civil organizada e do poder público, estão o auxílio na seleção das comunidades a serem beneficiadas com cisternas de consumo (água para beber, cozinhar e escovar os dentes) ajudar na organização de cursos de gestão de água e manter o controle social sobre as ações locais do Água para Todos.

Água para Todos

O programa Água para Todos é coordenado pelo Ministério da Integração Nacional, órgão ao qual a Codevasf é vinculada. Um dos objetivos do programa é promover a instalação de 750 mil cisternas de abastecimento humano até o fim de 2014 – desse montante, a Companhia deverá instalar cerca de 200 mil unidades. Os reservatórios implantados pela Codevasf são de polietileno e têm entre suas principais características a resistência, a facilidade de instalação e a vedação do armazenamento. A vida útil do equipamento é estimada em 30 anos.

O abastecimento das cisternas implantadas pela Codevasf ocorre durante os períodos chuvosos: a água da chuva é aparada no telhado do local beneficiado e conduzida, por meio de um sistema de calhas e canos, para o interior do reservatório. Com a observância de cuidados básicos – que são comunicados aos beneficiados em treinamentos específicos –, a água é própria para saciar a sede e para uso no preparo de alimentos. Cada reservatório pode acumular até 16 mil litros de água, quantidade suficiente para suprir as necessidades básicas de uma família de cinco pessoas por períodos de estiagem de até seis meses.

Da ASCOM

CNM: Municípios terão dificuldade em pagar novo piso dos professores

cmnO piso nacional do magistério para 2015 é de R$ 1.918.16. Conforme previsão da Confederação Nacional de Municípios (CNM), o rejuste de 13,01% foi divulgado pelo ministro da Educação, Cid Gomes, na terça-feira (6). Assim, o valor pago aos professores passa de R$ 1,6 mil para R$ 1,9 mil. O reajuste teve base na Lei vigente, 11.738/2008, e considerou a variação entre o valor aluno/ano dos anos iniciais do ensino fundamental urbano do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) nos dois anos anteriores.

O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, tem alertado que os Municípios terão dificuldades para pagar o novo valor, uma vez que o reajuste dos professores foi acima da inflação e do crescimento das receitas municipais. Ele destaca ainda que isso representa custo maior com a folha e menos investimentos em reformas e infraestrutura das escolas, além de outros itens fundamentais à qualidade do ensino.

O presidente da Confederação também destaca que as contas municipais enfrentam uma das piores crises da história, e continuarão a ser seriamente impactadas se não houver mudança nos critérios desse reajuste, para que seja compatível com o aumento da arrecadação municipal.

Em Pernambuco, o presidente da AMUPE e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, alertou que se a lei não sofrer alterações, em breve todo o recurso do Fundeb não será mais suficiente para o pagamento do Piso Nacional. De todo o recurso Fundo nacional de desenvolvimento da educação básica que os municípios recebem, a média de gasto somente com a folha de pagamento do magistério em Pernambuco está em 72,4%, ou seja, acima do que determina a Lei, que é 60%.

Procon-Sertânia orienta pais sobre lista e compra de material escolar

AMARAL PROCON SERTANIAO mês de janeiro é, geralmente, de sufoco para muitos pais que estão com os filhos em idade escolar. Para ajudá-los, o Procon-Sertânia está orientando sobre os itens que podem e não podem ser exigidos nas listas de materiais escolares e os cuidados na compra.

A lista de material escolar deve ser disponibilizada aos pais com antecedência. “As escolas têm obrigação de fornecer a lista de material para que os pais ou responsáveis possam pesquisar preços e escolher fornecedores de sua preferência”, informa Coordenador do Procon-Sertânia, José Carlos, conhecido como Amaral.

De acordo com a lei nº 12.886/2013, “será nula a cláusula contratual que obrigue o contratante ao pagamento adicional ou ao fornecimento de qualquer material escolar de uso coletivo dos estudantes ou da instituição de ensino”.

É extremamente proibido solicitar itens de uso coletivo, como resma de papel ofício, pincéis e canetas para quadro branco, fitas adesivas, TNT, balão, taxa de reprografia, copo descartável, envelopes, material de higiene (salvo quando este é de uso exclusivo do aluno), material de limpeza, mídias de modo em geral (CDs, DVD’s, pen drives, tablets), além de material administrativo (cartucho de tinta para impressora, clipes, grampos, dentre outros).

Segundo o Procon-Sertânia, é vedada a imposição de que o material seja adquirido numa única loja ou que seja comprado na própria escola. Este tipo de procedimento configura venda casada, de acordo com o art. 39, I da Lei 8.078/1990, conhecida como Código de Defesa do Consumidor (CDC). A exceção a essa regra são os artigos que não são vendidos no comércio, como é o caso de apostilas pedagógicas, atentando para o fato de que, neste caso, não podem ser cobradas taxas para essa finalidade.

O item normalmente comercializado nas escolas é a agenda escolar. Esta deve ser uma opção de compra e não obrigatoriedade, pois caso o responsável queira, ele poderá adquirir outra que não seja da escola.

Observe algumas dicas importantes na compra do material escolar:

- Antes da compra é recomendável fazer um balanço do material que restou do período anterior para verificar a possibilidade de reaproveitamento.

- Nem sempre o material mais sofisticado é o de melhor qualidade ou o mais adequado. Evite comprar materiais com personagens, logotipos e acessórios licenciados, porque geralmente os preços são mais elevados. A publicidade exerce grande influência sobre crianças e adolescentes;

- Na hora da aquisição vale fazer uma pesquisa de preços. Se a compra for a prazo, verifique a taxa de juros. Se for à vista peça desconto e nas promoções, verifique a veracidade da oferta.

- Algumas lojas concedem descontos para compras em grandes quantidades, portanto, sempre que possível, reúna um grupo de consumidores e discuta sobre essa possibilidade com os estabelecimentos;

- Quando o pagamento for realizado com cheques pré-datados, essa modalidade de pagamento deve ser especificada na nota fiscal, pois esta é uma forma do consumidor garantir o depósito na data prometida pela loja.

- Em caso de defeito em cadernos, canetas, livros, mochilas e outras mercadorias, o Código de Defesa do Consumidor garante os direitos do consumidor, mesmo quando o produto é importado. O prazo para reclamar defeitos em produtos não duráveis é de 30 dias após a aquisição e para os produtos duráveis é de 90 dias.

- Na aquisição de colas, tintas, pincéis atômicos, fitas adesivas e materiais semelhantes, o consumidor deve observar se as embalagens contêm as informações básicas, em língua portuguesa, a respeito do fabricante, importador, composição, peso, prazo de validade e se apresentam algum perigo ao consumidor.

- A nota fiscal deve ser sempre exigida, pois é documento indispensável para o caso da ocorrência de problemas com as mercadorias.

O Procon-Sertânia fica localizado na Rua Doutor Raul Torres Lafayette, 18, Centro. O órgão atende das 8h às 13h, de segunda a sexta-feira. O telefone é o (87) 3841-1489.

Da ASCOM

Prefeitura de Sertânia vai calçar dez ruas

GUGA 02O prefeito Guga Lins esteve, nesta quarta-feira (21), vistoriando as obras de calçamento da Travessa Getúlio Vargas. Ele foi acompanhado do vereador Luiz Abel, do engenheiro Hamilton Veras e do empresário João Gualberto, proprietário da JG engenharia e Construção, empresa que ganhou a licitação para a realização do trabalho. Serão 1.225 M2 de paralelepípedo e 855 metros de meio-fio.

“Estamos recuando o muro do Hospital Municipal Maria Alice Gomes Lafayette para enlarguecer a Travessa garantindo a ligação entre a Rua Terezinha Laet e a Avenida Presidente Vargas, melhorando significativamente o fluxo no local”, disse o engenheiro Hamilton Veras.

De acordo com o prefeito Guga Lins mais nove vias vão ser calçadas em diversos pontos da cidade. “Além da Travessa Getúlio Vargas, já estamos com as obras de calçamento licitadas das ruas João Rodrigues e José Rodrigues, no Ferro Velho; ruas 01 e 02, no Ferro Novo; ruas Expedito Salvador e Paulo Barros Correia, na comunidade Mário Melo Nova; Rua João Alves, no Alto do Rio Branco, além da Rua Teobaldo Alves e Travessa Frei Damião, na Vila da Cohab”, afirmou o prefeito.

O investimento total no calçamento das dez vias é de mais de R$ 900.000,00.

Etelvino Lins abre matrículas para “Educação de Jovens e Adultos” o (EJA)

A Escola Municipal Etelvino Lins de Albuquerque, localizada na Vila da Cohab, em Sertânia, está com matrículas abertas para as turmas do Projeto Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os interessados devem procurar a unidade de ensino de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h, portando documento de identificação e comprovante de residência.

Podem participar do EJA alunos que têm mais de 15 anos de idade e ainda não concluíram o Ensino Fundamental II (quinta a oitava série). O Projeto de Educação de Jovens e Adultos permite concluir duas séries em um mesmo ano.

Da ASCOM

Sertânia em luto oficial pela morte do Pe. Fernando

O prefeito de Sertânia Guga Lins decretou luto oficial de três dias devido a morte do Cônego Fernando Bezerra, ocorrida nesta quinta-feira (15), às 18h, no Recife. Pe. Fernando, assim mais conhecido, foi submetido a uma cirurgia, à qual não resistiu. O religioso sertaniense exerceu seu ministério sacerdotal na Diocese de Pesqueira nas cidades de Arcoverde (Paróquia Nossa Senhora do Livramento), Venturosa (Paróquia São José) e Sertânia (Paróquia Nossa Senhora da Conceição). Atualmente, estava em exercício pastoral na Arquidiocese de Olinda e Recife, na cidade de Olinda.

“É uma perda muito grande para todos nós. Uma pessoa humana e de caráter admirável que, certamente, fará falta a todos os que conviveram ou tiveram a honra de conhecê-lo mais de perto. Aos familiares do Pe Fernando meus votos de pesar e a certeza das nossas orações pelo descanso eterno deste servo de Deus”, disse Guga Lins.

O corpo do sacerdote está sendo velado na Matriz de Nossa Senhora da Conceição, na Rua Velha, centro de Sertânia, de onde sairá para o sepultamento hoje (16), após a missa de corpo presente que será celebrada às 16h.

Caixa sobe juros de financiamentos da casa própria

Os mutuários que pretendem financiar a compra da casa própria com recursos da poupança podem preparar o bolso. A Caixa Econômica Federal reajustará os juros das operações contratadas por meio do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). A justificativa foi o aumento na taxa Selic (juros básicos da economia), que subiu nos últimos meses e está em 11,75% ao ano.

As novas taxas valem para os financiamentos concedidos a partir de domingo (19). De acordo com a Caixa, os mutuários que já assinaram contrato não terão mudança. Os imóveis financiados com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ou pelo Programa Minha Casa, Minha Vida também não sofrerão alterações.

No Sistema Financeiro Habitacional (SFH), apenas a taxa para quem não é correntista da Caixa não mudou, sendo mantida em 9,15% ao ano. Para os correntistas do banco, os juros subirão de 8,75% para 9% ao ano. Os mutuários com conta na Caixa e que recebem salário por meio do banco passarão a pagar 8,7% ao ano de juros, em vez de 8,25% ao ano.

Para os servidores públicos, a taxa aumentará de 8,6% para 8,7% ao ano para os correntistas. Para os servidores com conta na Caixa e que recebem salário pelo banco, os juros passarão de 8% para 8,5% ao ano.

O SFH financia até 90% de imóveis de até R$ 650 mil. Em São Paulo, no Rio de Janeiro, Distrito Federal e em Minas Gerais, o valor máximo de avaliação do imóvel corresponde a R$ 750 mil. As linhas do SFH tem custo efetivo máximo limitado a 12% ao ano. O custo efetivo máximo engloba juros e impostos sobre a linha de crédito, mas exclui gastos com seguros e taxas de administração.

No Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), que segue regras de mercado e não tem limite de valor para os imóveis, a taxa para quem não tem relacionamento com a Caixa subirá de 9,2% ao ano para 11% ao ano. Para os correntistas do banco, os juros passarão de 9,1% ao ano para 10,7% ao ano. Quem tem conta no banco e recebe salário pela Caixa passará a pagar 10,5% ao ano de juros, em vez de 9% ao ano.

No caso dos servidores públicos, os juros também subirão de 9% ao ano para 10,5% ao ano. Para servidores com conta na Caixa e que recebem salário pelo banco, os juros saltarão de 8,8% ao ano para 10,2% ao ano.

Da Agência Brasil

Semana Estudantil de Sertânia deve acontecer em maio

estudantilA XXVI Semana Estudantil e de Artes de Sertânia será realizada de 18 a 22 de maio, dentro da programação dos 142 anos de emancipação do município. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (14) durante a reunião realizada na Secretaria de Juventude, Cultura, Esporte e Turismo com a participação da Associação Cultural de Sertânia (Acordes), da Sociedade dos Poetas, Escritores, Compositores e Artistas de Sertânia (Sapecas), além de produtores culturais e artistas sertanienses.

“A Semana Estudantil acontecia no mês de janeiro porque era realizada pelos os universitários sertanienses que aproveitavam as férias no município para promover o evento. Hoje, a grande parte do público que participa da Semana é estudantes das redes de Ensino Municipal, Estadual e Particular. Por isso, fica muito difícil a participação e o envolvimentos deles em Janeiro, por ser mês de férias. Em maio poderemos ter o envolvimento das escolas e dos estudantes fortalecendo ainda mais o evento e engrandecendo as comemoração de aniversário da cidade”, disse Josessandro Andrade, membro da Sapecas.

Já para o presidente da Acordes, Luiz Pinheiro, a participação da comunidades escolar é determinante para o sucesso do evento. “Pretendemos desenvolver várias atividades que precisam ter o engajamento das unidades de ensino e dos próprios estudantes. No mês de janeiro é impossível essa participação. Se queremos formar culturalmente nossos jovens, precisamos levar a cultura para dentro das escolas”, disse.

“Particularmente gostaria que o evento acontecesse em janeiro, mas reconheço que no mês de maio teremos uma maior participação e envolvimento dos estudantes por eles estarem em sala de aula”, afirmou o poeta Galdêncio Neto.

Ainda participaram da reunião os Secretários de Juventude, Cultura, Esporte e Turismo, João Lúcio, de Comunicação, Denis Araújo, além de Janilton Ferreira, Bruno Luiz, Diego Cabral, Juanly Vinícios, Catarina Sandra e Wilton Augusto.

Da ASCOM PMS

Autor

Nome: Robson

E-mail: yughoo@hotmail.com